Confissão

 

Tenho medo de perder a amizade.

Sei que somente por isso não encontrei um amor de verdade.

Apego-me facilmente à pessoas,  acho difícil esquecer  por opção.

A dor da partida pode até cicatrizar, mas o corte sempre estará lá e antes que perceba voltará a sangrar.

O gótico, por que deveria gostar?

Uma coisa, triste, sem vida, fria e negra.

Mas é justamente assim que sou.

Não tenho vida própria, existo pelos outros.

Como posso gostar de alguém que me faz sofrer?

Como posso gostar de alguém que não me deixa crescer?

Por que deveria ser feliz?

Tenho todos ao meu lado, mas sinto-me solitário.

Acho que é por isso é tão comodo estar sozinho, com eles ou não, serei sempre eu perdido na escuridão.

(Julio Cesar Nunes de Oliveira)

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: