Reflexos do desejo humano

Como coisas tão bonitas podem ser escritas por criaturas que mau sabem se amar? Livros, filmes, musicas, danças, e até desenhos, criações  dignas de lágrimas, puros e cheios de boas intenções, mas de adianta se o que escrevemos só fica no papel? Será que é tão complicado amar  de bom grado e amado ser, aceitar as coisas como são e em troca ser aceito, ter amigos tão preciosos que doaria a alma por qualquer um deles e em troca  não nos  esquecer é o mínimo que se pede a um amigo de verdade e por ultimo, sermos tão livres quanto aos nossos pensamentos e sentimentos, ao ponto de nos expressar sem medo de recriminação? Esse é o mundo que eu gostaria de ter, um mundo  sem indiferenças, sem pré-conceito, um mundo de oportunidades, de crescimento e de evolução para o bem geral e não de poucos.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: