Acostumar

Aos poucos ignoro a saudade e com a  solidão me acostumar, não pense que está sendo fácil é complicado esquecer do que te faz sorrir ou chorar, principalmente quando o que quer esquecer, lhe deu motivos para acreditar, lhe fez sentir especial, lhe fez voltar a sonhar.

Por que então esquecer?  Porque também me fez perceber que nada é perfeito e as tristezas sempre acompanham aqueles que a felicidade começa a sondar, analisam cada sorriso e os transformam em lágrimas, fórmula perfeita para se aprender a valorizar.

(Julio Cesar Nunes de Oliveira)

 

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: