Lembranças

A cada passo que dou uma lembrança mal construída.

Coisas que fiz ou deixei de fazer,

pessoas que conheço, conheci ou acabei de perder,

planos e promessas que nunca vão acontecer,

amores, sofrimentos e momentos que gostaria de esquecer.

Infelizmente não posso me conter,

quase tudo que faço, como, escuto ou vejo,

me faz lembrar de momentos felizes que não voltarei a ter.

Desolado e sem chão, tentando me conter,

a música chora por mim enquanto me calo com  sorrisos bobos,

não tenho nada a esconder,

mas existem coisas desnecessárias de se dizer.

 

(Julio Cesar Nunes de Oliveira)

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: