Fraco

E  quando me desperto de um sonho e a realidade ecoa, estou cansado e meus olhos ardem de sono ou são lágrimas que me abandonam? Minhas raízes são fortes, mas meu tronco perde vitalidade durante a noite e se disfarça durante o dia. Meus momentos tristes levam alguns minutos para acabar, mas se acumulam e me fazem companhia, aprendi com a simplicidade a ser feliz, mas meus olhos  mostram que posso perder essa luta,  nessa hora o gigante fica vulnerável e por instantes se torna pequeno.

( Julio Cesar Nunes de Oliveira)

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: