Sabe quando se percebe que está sozinho?

Quando se apega a algo que não seja da própria espécie, pelo simples fato de ele sempre estar lá quando mais precisa, não é necessário que te entenda ou você a ele, os laços se tornam tão sólidos, que quando se percebe que o amigo que almeja merece ser livre, suas lágrimas fazem uma mistura agridoce, onde se sente a dor da partida e a felicidade por saber, que ao menos quem ama, terá uma chance de ser feliz.

 

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: