A amizade

Partindo da suposição de que todos sabem diferenciar amor, paixão e atração, eu pergunto, o que você acharia caso sentisse atração por um amigo próximo seu?

Acho normal, não tenho culpa de ele ou ela ter me chamado atenção de alguma forma.

Me sinto mal por sentir algo assim por alguém que gosto e tenho respeito.

Então é normal sentir atração por alguém o qual considera muito, e diria isso a essa pessoa?

É normal se sentir assim, afinal você, gosta confia, recebe companheirismo , carinho e compreensão, e sabe que essa pessoa é importante, mas acabou atraindo outro sentimento, que possa destruir todas as outras alternativas, dependendo de como a pessoa interpretar. O que pretende fazer?

Sim, por não?

Não, não conseguiria.

E procuraria evitar momentos, que no normal, seriam considerados íntimos, e sempre ter em mente que somos amigos.

Não saberia o que fazer, sei que se acontecer algo, poderia acabar prejudicando nosso relacionamento como amigos e até a forma de me ver seria mudada, ficaria com muito medo.

Você não pensa nas consequências?

Mas não disse que era normal, por que agora hesita?

Não acha, que quando esse amigo perceber essa mudança, não vai começar a se perguntar por que?

Tente pesar as coisas, o que mais vale a pena, a amizade ou uma atração qualquer, que não lhe levará a nada?

A duvido que também não sinta o mesmo por mim.

Porque ela nunca iria ser a mesma comigo, tenho certeza.

Eu invento alguma desculpa e pronto.

É claro que a amizade vale mais, mas isso poderia chegar a um ponto, em que eu não consiga segurar.

Mesmo que ele seja reciproco, você acha que a amizade continuaria como sempre foi?

Então o que pretende fazer?

Uma mentira vai levar a outra e outra, ate chegar ao ponto, de não ter mais outra opção a não ser, de falar a verdade, e talvez por ter vivenciado essa mentira, ao invés de só saber a verdade, seja mais difícil para seu amigo a aceitação.

Aí teremos a conclusão, de que nunca foi de fato amigo dessa pessoa.

Claro! Acho até que vai ser melhor, porque ai teremos mais confiança ainda, um no outro.

Eu não vou contar, vou ver no que dá, uma hora a pessoa vai descobrir, ai conversaremos sobre e entraremos em um acordo.

O que faço então?

Sou humano, não sou perfeito.

Que bom que confia tanto em sua amizade, a ponto de pensar assim, se realmente conhece sua amizade, então fala com propriedade, então fico feliz por ti. Só fica o aviso, ainda que isso seja bom, estamos supondo essa reação ao seu amigo, tome cuidado, pensar antes de fazer algo é melhor que fazer e pensar o porque de ter feito.

Deixar as coisa prosseguirem de forma normal é legal, contar algo que a pessoa não quer e não tem necessidade de saber, é querer apressar o inevitável, até que essa pessoa vier descobrir de forma natural o sentimento a mais que tem sobre ela, talvez você já não sinta mais nada, e talvez você já a tenha preparado para ouvir e não reagir de forma negativa, se ela não lhe compreender é porque não fazia muita diferença para ela a sua amizade.

Continue sendo amigo dessa pessoa independente de sua atração por ela, e tome essa atração como um obstáculo a ser ultrapassado para chegar ate o que realmente importa a amizade.

Não jogue a sua culpa em frases montadas, coisas ou seres, aceite o seu erro, e através dele aprenda a não comete-lo novamente ou como superá-lo caso seja necessário, faça a ligação, o que me faz bem, o que me faz mal, o que vale mais e o que não, compare e descarte o que for negativo, uma simples atração pode ser superada, se perseverar, e manter o foco, que é a amizade.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: