O amor nos torna dependentes e ser dependente muitas vezes nos faz inúteis e perigosos em potencial.

 

Ame, mas imponha limites ou será apenas mais um escravo do comodismo e da rotina.

 

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: