O dia em que a raça humana deixar seus desejos desnecessários e egoístas de lado por um bem maior do que perdurar sua espécie, poderemos dizer que de fato seres racionais estão por trás disso e não criaturas com o direito de escolha, mas desprovidas de sabedoria para escolher o coerente e certo, nesse momento a raça humana deixará de ser só mais uma espécie para se tornar um elemento essencial para toda e qualquer vida.

Animais são como o pensamento cego, agem da mesma forma sempre, pois suas capacidades limitadas os prendem a essa mesmice, enquanto os seres humanos podem escolher entre ser uma tautologia e fazerem o certo por que é o que se deve fazer ou uma contradição e fazerem o errado por sempre acharem que é o certo a fazer, justamente por ser algo prazeroso e fácil ou seja por conveniência e comodismo.

 

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: