Vamos lá, eu vi uma história meio antiga, que eu havia começado a ver quando criança e resolvi ver inteiro depois de adulto para ter um ideia do que assistia.

1. O a história fala de uma menina que perdeu a mãe aos 2 anos de idade e mesmo morando com o pai e o irmão mais velho, é bem feminina, educada e inocente.
2. Ela é apaixonada pelo melhor amigo do irmão dela que é muito mais velho que ela, esse amigo é muito educado, cavalheiro, come muito apesar de ser magro, é paciente e está sempre de bem com a vida.
3. Ela tem uma melhor amiga que vive por ela, bajula, grava, faz roupas e põe a mesma em um pedestal e isso sem motivo algum apenas diz gostar muito dela.
4. Depois de alguns acontecimentos mágicos a garota conhece um rapaz que diz querer superá-la, ele é direto, verdadeiro e com cara de poucos amigos.
5. O resto da história os dois ficam tentando ver quem consegue fazer mais coisas que o outro, até que finalmente ela consegue vencê-lo.

Basicamente é isso, mas vamos a análise:

A protagonista tem complexo de inferioridade, tenta mostrar a todos que o pai dela é bom e sabe criá-la, tenta ajudar a todos porque mesmo não gostando de ser o centro das atenções ela tem certa tendência a bondade.

A melhor amiga da protagonista, tem um vinculo muito grande com ela, mas mais a frente da história descobrimos que as duas são primas e que sua mãe gosta e dá mais atenção a protagonista do que a ela sua própria filia, não é atoa que a jovenzinha, goste e tanto da protagonista, sua mãe além de gostar muito da protagonista ainda tenta fazer com que sua melhor amiga pareça com a mãe da mesma, pois era muito apegada a sua irmã, mesmo a garotinha sendo uma prodígio na música e em várias outras coisas ela simplesmente não acha que é boa o suficiente.

O pai da protagonista, tem lá os seus 30 anos, sabe fazer de quase tudo, muito educado, é professor, o posso da calma, mas ninguém da família da sua noiva falecida gosta dele, pois colocaram na cabeça que ele a tomou deles, por conta disso ele faz o possível para criar seus filhos da melhor maneira para se redimir por algo que não fez.

O irmão da protagonista, igual a ela possuem algo mágico em si, vê espíritos desde criança e consegue sentir a presença dos mesmos, tem problemas para se expressar, teve uma desilusão amorosa e se apegou tanto ao seu amigo que acabou por se apaixonar pelo mesmo, adora pegar no pé da sua irmã por não conseguir dizer a ela que a ama, mas sempre que consegue a protege com unhas e dentes.

O melhor amigo do irmão da protagonista, é tudo que já foi dito e mais, ele faz parte do mistério envolvendo essa magia que a protagonista está a resolver, mas ele não sabe, ele é um tipo de casca ou disfarce para outra coisa, e isso ele só percebe mais para o final da história quando é desperto, depois que isso acontece a protagonista e o garoto que estava a concorrer com ela ficam confusos, pois gostam desse rapaz, mas ele não é o que eles acreditavam ser, e para piorar ele está a desaparecer, igual a lua ele precisa de algo que brilhe sobre ele para que mantenha seu brilho e a protagonista não tinha poder suficiente para manter isso, se não fosse pelo seu melhor amigo e irmão da protagonista, doar o poder que tinha a ele, o mesmo teria morrido. O drama em volta desse rapaz que na verdade é um anjo é bem tenso, pois envolve três pessoas que seu disfarce gosta muito e os três o amam por igual, o garoto concorrente, desiste de gostar dele quando descobre sua verdadeira face, a protagonista percebe um amor fraterno vindo dele e que não era amor como ela pensava, mas o irmão dela não deixa de gostar dele nem depois que descobre tudo, são sena fortes para uma história infantil.

Nessa história existem dois guardiões desse poder, um com a forma de um Felino grande e o outro com a forma de um anjo, o anjo já foi mencionado, mas o felino que fica maior parte da história com a personagem, não foi mencionado, ele é engraçado, adora doce e retira sua força do sol então não precisa de ninguém para se manter, esta sempre presente e tentando ajudar a garota desde o início, digamos que ele é o que menos possui problemas, a única coisa que o mata é a gula.

A história parece boba, mas possui muito conteúdo em si, superação, enganos na vida, arrependimentos, perdas, desilusões, apesar de divertida e bem alegre, a história esconde um drama cheio de reviravoltas que te cativam e algumas vezes até conseguem criar um vínculo com a sua realidade, e só vendo pela segunda vez e já adulto que consegui entender o quão triste a história é, acreditem se quiserem, estou falando do anime Sakura Card Captors.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: