Me obrigue a fazer algo que já faço naturalmente e me verá perder o gosto por aquilo.

Como as pessoas vão aprender a gostar de fazer as coisas, se sempre dão um jeito de tornar as mesmas atos obrigatórios?

O que é melhor, dizer bom dia porque deseja que aquilo aconteça ou dizer apenas porque é o que deve ser dito?

Já é difícil viver em sociedade e dão um jeito e complicar mais ainda, tirando nossos atos voluntários e tornando-os atos involuntários e padronizados, odeio essa mania de padronização universal.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: